team building

Team Building – o seu impacto na vida das empresas

Qual o impacto dos Desafios de Team Building na vida das empresas?

Qual o impacto dos Desafios de Team Building na vida das empresas?

Os Desafios de Team Building têm vindo a assumir por parte das empresas um cuidado especial aquando a sua programação anual. É comum ouvir responsáveis a dizer que têm orçamento destinado a pelo menos uma actividade anual onde, saindo do local habitual de trabalho, possam os colaboradores desfrutar de um dia diferente.

Pela experiência que tenho vindo a acumular no acompanhamento destas actividades promovidas pela RUN & SLIDE a tendência aponta não só para o aumento do pedido destas actividades associados a um critério mais rigoroso na definição dos objectivos das mesmas.

Se tempos houve em que se faziam actividades apenas por lazer, hoje esse mesmo lazer continua bem vincado mas acrescentam-se outros objectivos.

Quais?

É usual ouvirmos dizer que pretendem com estes dias fomentar cooperação entre pares, comunicação assertiva entre colegas, gosto pela aprendizagem, liderança conjunta entre todos, muita criatividade na resolução dos desafios colocados, fortalecimento da capacidade de julgamento na tomada de decisão, resolução de conflitos e empatia de grupos.

Hoje em dia os Desafios de Team Building são muito mais do que eventos fora de portas onde os funcionários se juntam e passam o dia em convívio. São sim eventos onde “Forças” tais como o “Gosto pela Aprendizagem”, “Liderança”, “Gratidão”, “Humor”, “Gentileza”, “Curiosidade”, “Trabalho de equipa” estão constantemente a ser requisitadas pelas pessoas.

É normal nos finais dos dias ouvirmos dizer que “nem dei pelo dia passar”.

Pois bem, isto não acontece por acaso. Estes mecanismos de “Fluxo” acontecem sempre que percepcionamos os desafios que nos colocam como desafiantes às nossas reais capacidades. Nem muito altos (geradores de Ansiedade) nem muito baixos (geradores de apatia) e com isso o tempo flui nesta atividades. A capacidade de “foco” é total e as equipas estão determinadas em ultrapassarem os desafios colocados.

Sendo uma empresa uma complexa “teia” de relacionamentos humanos o que estes eventos têm de bom é a capacidade de trabalhar a “comunicação” entre pares. A maneira como expressam a sua opinião, como dão feedback aos colegas e como corrigem comportamentos determina o sucesso da atividade.

A empatia de grupos ganha-se precisamente aqui, na maneira como consigo expressar a minha opinião não de um modo “agressivo” mas de um modo a que seja o “outro” a inferir o que queremos dizer, ou seja, trabalha-se e potencia-se o essencial da comunicação. A Mensagem.

Tudo isto terá à posteriori um impacto no chamado day after da atividade.

É comum ouvirmos dizer que “…depois desse dia as pessoas ficaram diferentes…” ou seja o verdadeiro impacto destes dias está os estados emocionais positivos que estes eventos ajudam a alavancar nas pessoas e que faz eco no dia a dia.

“Florescer” empresas é esse o poder dos eventos de Team Building.

Luís Granja
Life & Executive Coach
Positive Psychology Coach
Executive Master in Applied Positive Psychology – ISCSP

Posted in Notícias.